Audiência pública questiona leilão da CedaeAudiência pública questiona leilão da Cedae

O Sintsama-RJ, através do seu presidente Humberto Lemos, participou hoje (5/11), da audiência pública que questiona o papel do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na privatização da Cedae.


Foi informado que há uma auditoria interna do TCE (0327323/2021), questionando a participação da Iguá, que foi a vencedora do bloco 2, no leilão, já que o BNDES tem 13% das ações dessa empresa.


Humberto Lemos questionou fortemente o leilão da Cedae e a participação do BNDES neste processo.


A audiência ocorreu pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, solicitada pelo deputado Paulo Ramos, que questionou o fato de o BNDES ser, simultaneamente, autor do projeto de privatização da Cedae e participante da licitação que culminou com a vitória da Iguá Saneamento S.A, quem tem na sua composição societária o Banespar, que é o braço de investimentos do próprio BNDES.


"Os procedimentos contrariam o parecer do Tribunal de Contas da União (TCU), colocam em risco os empregos dos trabalhadores e afrontam elementares princípios constitucionais, inclusive a moralidade pública", observou Paulo Ramos.


Também participaram do debate os deputados Glauber Braga e Erika Kokay, além de representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do BNDES.


361 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nossa rede social:

Notíciais da sua Empresa.png

NASCENTE

Clique acima para Edição Atual

Arquivo de Notícias