28/02/2020

Documento da Igreja católica defende a luta contra a privatização e a defesa da água para todos. Veja o que a Igreja já afirmava em 2018

PASTORAL DO MEIO AMBIENTE
PARA O POVO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

 

Meus irmãos e minhas irmãs

 

Seguindo as orientações de nosso pastores a Pastoral do Meio Ambiente está

posicionada no lado oposto aos postulantes da privatização da água:
Na Encíclica Laudato Si o Pontífice dedica um ponto específico para a questão da água, dos parágrafos 27 a 31.

 

O Papa recorda que “a água potável e limpa constitui uma questão de primordial importância, porque é indispensável para a vida humana e para sustentar os ecossistemas terrestres e aquáticos”.

 

Afirma que “a pobreza da água pública verifica-se especialmente na África, onde grandes setores da população não têm acesso a água potável segura, ou sofrem secas que tornam difícil a produção de alimento. Em alguns países, há regiões com abundância de água, enquanto outras sofrem de grave escassez.”

 

“Um problema particularmente sério é o da qualidade da água disponível

para os pobres, que diariamente ceifa muitas vidas”, ressalta Francisco na encíclica.

 

“Enquanto a qualidade da água disponível piora constantemente, em alguns

lugares cresce a tendência para se privatizar este recurso escasso, tornando-se uma mercadoria sujeita às leis do mercado. Na realidade, o acesso à água potável e segura é um direito humano essencial, fundamental e universal, porque determina a sobrevivência das pessoas e, portanto, é condição para o exercício dos outros direitos humanos.”

 

“Este mundo tem uma grave dívida social para com os pobres que não têm acesso à água potável, porque isto é negar-lhes o direito à vida radicado na sua dignidade inalienável”, escreve o Papa Francisco.

Fonte: https://www.vaticannews.va/…/papa-francisco--a-defesa-da-ag…

 

Conforme havíamos denunciado a crise hídrica do estado não passa de um

ardil do Governo do Estado do Rio de Janeiro para justificar tal medida de privatização injustificável.

 

Como cristãos somos impulsionados a ação ” Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.” Apocalipse 3:15, 16, e também “eu digo a vocês” respondeu ele “se eles se calarem, as pedras clamarão” como também “Aquele pois, que sabe fazer o bem e não o faz comete pecado” Tiago 4:17.

 

Por isso convidamos pois os irmãos e irmãs a entrarem em contato com os Deputados Estaduais do estado do Rio de Janeiro exigindo a abertura de uma CPI para esclarecer as condições como se dá essa privatização.

 

“Nós da Pastoral do Meio Ambiente do Rio de Janeiro solicitamos aos detentores de mandatos nessa Casa do Povo ALERJ, que esclareça a população do Estado do Rio de Janeiro, se é necessário privatizar a CEDAE, através de uma CPI da Privatização da CEDAE. Aguardamos seu retorno com a sua posição com relação a essa pauta”.

 

POR FAVOR REPLIQUE PARA TODA A SUA REDE DE AMIGOS, OBRIGADO.
 

Que o amor de Deus seja nossa guia.

Pastoral do Meio Ambiente
Vicariato Para a Caridade Social

Arquidiocese do Rio de Janeiro

Nossa rede social:

Clique acima para Edição Atual

NASCENTE