02/10/2018

Sintsama-RJ, junto com a categoria, impede a realização da audiência pública que queria privatizar a Cedae

A força dos cedaeanos e do Sintsama-RJ barraram a tentativa de audiência pública que queriam realizar na terça-feira, dia 2 de outubro, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

 

No ato também estiveram presentes representantes das comunidades da região. Foi mais uma vitória dos trabalhadores contra a tentativa de entregar nossa empresa.

 

Crivella quer quebrar contrato entre a Cedae e o município

 

O objetivo do prefeito Crivella, às vésperas de uma eleição, é privatizar a região da AP4 (Barra, Recreio e Jacarepaguá). Vale lembrar que a Cedae tem investido milhões de reais na região (Barra, Jacarepaguá e Recreio). Além disso, a região contribui com a maior arrecadação da Cedae no estado do Rio de Janeiro. Ou seja, é o filé mignon da nossa empresa.

 

O Sintsama-RJ e a categoria questionaram a tentativa da Prefeitura do Rio de tentar romper o contrato que tem com a Cedae, vigente por 50 anos e prorrogáveis por mais 50.

 

Para a audiência pública, premeditadamente a Prefeitura não convocou a população, estavam presentes apenas as empresas interessadas neste negócio extremamente rentável.

 

Para o Sintsama-RJ é uma ilegalidade a tentativa de privatizar a região da AP4. 

 

População carente será a mais prejudicada com a privatização

 

A entrega da região da AP4 vai excluir milhares de moradores do direito à água, inclusive os moradores das diversas comunidades da região, entre elas: Rio das Pedra, Cidade de Deus, Muzema, Tijuquinha, Canal do Anil, Terreirão, entre muitas outras.

 

Toda essa região poderá ficar sem água, caso o Crivella privatize a AP4. Além das outras regiões que terão tarifas mais altas.

 

O Sindicato continuará vigilante e atento para barrar quaisquer tentativas de privatizar ou dividir a empresa.

 

Vamos manter a mobilização, caso a Prefeitura marque outra audiência pública.

 

Por uma Cedae pública, estatal e indivisível.

  • Recomende (compartilhe) ou Curta esta Postagem.

Nossa rede social:

Clique acima para Edição Atual

NASCENTE