04/02/2020

CPI da Água protocolada na Alerj. Sintsama-RJ quer apuração rigorosa sobre atual crise

 

A direção do Sintsama-RJ ocupou, nesta terça-feira, dia 4, as galerias da Alerj para defender a criação da CPI da água para apurar a recente crise hídrica no estado do Rio de Janeiro.  O deputado Luiz Paulo foi o autor da CPI sobre a água, que contou com o apoio de 24 deputados.

 

Na volta dos trabalhos no Legislativo, o Sintsama-RJ solicitou aos deputados a abertura de investigação para apurar a fundo os culpados pela atual situação da água no Rio de Janeiro.

 

A população continua sofrendo, em muitos lugares a água ainda se encontra com cheiro ruim e agora apareceu com detergente no Guandu, fazendo com que a Cedae suspendesse temporariamente a captação da água.

 

"Conversamos com diversos deputados estaduais e solicitamos a instalação da CPI da água. É preciso apurar com rigor e dar transparência nas ações da Cedae, pois a população continua sofrendo com essa situação. É um absurdo o que vem acontecendo na Cedae, uma empresa que já perdeu cerca de mil trabalhadores com demissões e saídas voluntárias. Vamos questionar o presidente da Companhia sobre tudo isso que vem acontecendo lá dentro", declara Humberto Lemos, presidente do Sintsama-RJ.

Nossa rede social:

Clique acima para Edição Atual

NASCENTE