top of page

População do RJ chega a pagar contas de água de mais de R$ 8 mil


Desde a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE) , em 2021, a população do Rio de Janeiro sofre com o aumento abusivo das tarifas de água, as contas chegam a ultrapassar os R$ 8 mil reais por mês.

“É esse modelo de tarifa absurda que Tarcísio quer aplicar em São Paulo. Do ano passado para cá as contas de água no Rio de Janeiro aumentaram mais de 300%”, denuncia a direção do Sintaema.


Para se ter uma ideia, a tarifa social (destinada para as pessoas em vulnerabilidade social) para cariocas supera a de São Paulo em mais que o dobro e a tarifa residencial no Rio (a chamada tarifa normal) supera a de São Paulo em 71%.


“Os relatos que chegam a nós são aterrorizantes, contas de água de uma residência da periferia de mais de R$ 8 mil e condomínios de bairros como a Barra da Tijuca, na capital carioca, chegam a somar contas mensais de mais de 75 mil por mês, sem falar na explosão do número de reclamações sobre o péssimo serviço (veja os relatos da população no vídeo abaixo). Esse é o resultado da privatização que o governador Tarcísio de Freitas quer aplicar aqui em São Paulo”, alerta a direção do Sintaema.


É isso que você quer para São Paulo? O Sintaema luta de forma incansável para barrar o projeto privatista de Tarcísio que mira a Sabesp. Fique atento, a privatização só beneficia um setor: os empresários que irão comprar a empresa. É você quem vai pagar essa conta! Confira mais na reportagem do G1 Rio de Janeiro:



97 visualizações0 comentário

Opmerkingen


Nossa rede social:

Eleição 2023.png
Notíciais da sua Empresa.png
Nascente 245.jpg

NASCENTE

Clique acima para Edição Atual

Arquivo de Notícias
bottom of page