top of page

Sintsama-RJ se reúne com presidente da Comissão de Saneamento Ambiental da Alerj

alerj
Diretores João Xavier e Humberto Lemos em encontro com o deputado Jari Oliveira (centro)

Águas do Rio deve milhões para a Cedae. Rio Mais e Iguá também estão na lista de devedoras


No Dia Mundial do Mundial do Meio Ambiente (5/06), o Sintsama-RJ se reuniu com o presidente da Comissão de Saneamento Ambiental da Alerj, Jari Oliveira, com o objetivo de debater ações contra o desmonte da Cedae e impedir os abusos das concessionárias de saneamento.


Na reunião, ficou clara a apuração que já vem sendo feita pela Comissão de Saneamento sobre as dívidas que as concessionárias têm com a Cedae. Destaque para a maior delas: um desconto de 22% que a Águas do Rio deixa de pagar à Cedae há mais de um ano, que equivale a quantia de R$ 34 milhões por mês, já ultrapassando R$ 384 milhões.


O Sintsama-RJ fez firme defesa dos interesses da nossa Cedae pública e afirma que essas perdas de recursos trazem enormes prejuízos, tanto para os trabalhadores, como para a população do Rio de Janeiro.


Também há perdas com relação ao pagamento de energia elétrica, que não está sendo repassado para a Cedae, nem pela Águas do Rio, nem Iguá e Rio Mais Saneamento. As três empresas devem cerca de R$ 34 milhões. Ao mesmo tempo, na ETA Japeri, a Cedae está dando água de graça para a Águas do Rio, que vende para a população, mas não repassa nada para a Cedae.


O Sintsama-RJ parabeniza a iniciativa da Comissão de Saneamento Ambiental da Alerj, muito bem conduzida pelo deputado Jari Oliveira, que está apurando essas e outras situações, para dar conhecimento à população.

40 visualizações0 comentário

Komentarze


Nossa rede social:

Eleição 2023.png
Notíciais da sua Empresa.png
Nascente 245.jpg

NASCENTE

Clique acima para Edição Atual

Arquivo de Notícias
bottom of page