Veto ao PL 4894/2021 mostra o quanto o governador está perdido

O

veto do governador ao PL 4894/2021, aprovado por 69 a 0, causou perplexidade. Cláudio Castro alega que o projeto não poderia ter saído do Legislativo, pois traz despesa para o Executivo. Porém, ele não diz que é um projeto transitório, enquanto o Guandu 2 não fica pronto. Os trabalhadores da Cedae ficariam em outros órgãos estaduais até que seja concluído o Guandu 2, para onde poderão ir os cedaeanos. O que estamos assistindo é uma grande má vontade do governador com os trabalhadores da Cedae, falta de responsabilidade com mais de 4 mil pais de família, que ele quer colocar na rua.


Porém, já estamos em contato com os deputados estaduais para assim que a Alerj voltar do recesso, possa ser marcada a data para derrubar esse veto absurdo. Vale lembrar que esse projeto que assegura os empregos dos cedaeanos foi construído também com os deputados da base do governo. A gente vê que o govenador está perdido, tem um montão de dinheiro oriundo do leilão da Cedae sendo distribuído nos municípios, daqui a pouco esse recurso acaba e a gente fica sem a Cedae, sem emprego e sem saneamento.


Agora o governador está correndo atrás para recolocar o Rio de Janeiro no Regime de Recuperação Fiscal. Nós avisamos, que na verdade o governo federal estava interessado somente na venda da Cedae e quem paga o pato é o trabalhador e o Rio de Janeiro.

A Cedae era a única empresa lucrativa do estado do Rio e todo mundo ficava de olho. As empresas privadas só vão colocar água onde dá dinheiro, a população carente está sofrendo, e já estamos vendo a falta da água em muitos lugares. As empresas estão perdidas no momento e a Cedae que está dando o suporte.


Nós, trabalhadores da Cedae, estamos conversando com os deputados da Alerj e vamos mobilizar a categoria para derrubar esse veto. Temos uma massa de trabalhadores nesta batalha, estamos tendo boa receptividade e acreditamos que conseguimos reverter esse veto. Ao mesmo tempo, o Sintsama-RJ continua questionando na justiça as irregularidades no leilão. Não vamos descansar nesta luta!


Humberto Lemos – Presidente do Sintsama-RJ

607 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nossa rede social:

Notíciais da sua Empresa.png

NASCENTE

Clique acima para Edição Atual

Arquivo de Notícias